Como ocorre a transferência internacional nas operações de câmbio

Uma remessa ou transferência internacional é o envio de dinheiro, por meio de transferência eletrônica, de um país para outro.

Para efetuar uma transferência internacional, além de fazer o câmbio das moedas de origem e destino, uma série de processos precisam ser analisados, como: taxas de câmbio, impostos e cobranças específicas de cada transação, além das legislações diferentes de cada país.

Continue a leitura para saber mais sobre o assunto e como a Exim Corretora de Câmbio pode ajudar nisso.

O que é e como funciona a transferência internacional

Em linhas gerais, os clientes compram ou vendem um ativo – que é a moeda estrangeira, necessária para pagamentos internacionais.

Quando um importador compra dólares para pagar suas importações, por exemplo, compra do agente autorizado. Este, por sua vez, recebe o pagamento no Brasil do cliente importador em reais e envia o equivalente a uma TED no país emissor da moeda para o beneficiário.

Seria simples assim se não houvesse os controles governamentais que precisamos observar. Esses controles têm por objetivo básico evitar a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo internacional – que representam a maior parte do trabalho envolvido numa contratação de câmbio.

Operações podem ser feitas por pessoas físicas e jurídicas

Atualmente, no Brasil não há restrições para o envio e recebimento do ou para o exterior, desde que observados os três pilares fundamentais:

  • A legalidade da transação;
  • A fundamentação econômica das operações;
  • A apresentação de documentos que comprovem as obrigações.

Custo de uma remessa ou transferência internacional

Em se tratando de transferência internacional, cada instituição financeira é livre para cobrar spread e as tarifas que quiser. São esses os elementos de custo presentes em qualquer cotação.

Evidentemente, existe um mercado competitivo que limita esses ganhos. Algumas instituições cobrarão altas tarifas e baixos spreads, enquanto outras, ao contrário, podem cobrar baixas tarifas e altos spreads.

A tarifa geralmente cobre os custos da TED no exterior e o spread é a diferença da compra e da venda das moedas pela instituição financeira.

Como comparar preços de câmbio entre instituições financeiras

É muito comum agentes oferecerem câmbio sem tarifas – apesar de o custo das TEDs permanecerem. Por isso, o cliente precisa estar atento.

De acordo com o diretor da Exim Corretora de Câmbio, Guilherme A. G. da Silva, para compensar essa despesa, muitos aumentam o spread sobre as moedas e o cliente fica com uma falsa sensação de ter feito um bom negócio. “Ciente desse jogo comercial, o Banco Central instituiu a figura do “valor efetivo total” ou VET”, explica.

O VET computa tudo o que se gastou em reais, incluindo IOF, dividido pela quantidade de moeda estrangeira – e é obrigatório informar nos contratos de câmbio de valor inferior a 100 mil dólares.

“Assim, sempre avisamos aos nossos clientes para cotar as operações solicitando o VET e não apenas a taxa de câmbio entre as moedas. Pois é a forma correta de comparar preços entre duas instituições autorizadas em câmbio”, salienta.

Prazos para fazer uma transferência internacional

A transferência internacional em si ocorre em um aperto de botões. Em uma importação, por exemplo, um cliente pode efetuar o pagamento a um fornecedor nos Estados Unidos em poucos minutos.

Se o cliente fecha câmbio às 10h, a instituição autorizada precisa editar o contrato (que significa colocar as informações nele) e o cliente, por sua vez, precisa fazer o pagamento dos reais à instituição. Tão logo essas duas coisas estejam concluídas, em poucos minutos, por exemplo, a instituição libera o swift – que é a ordem para o banco pagar no exterior.

Aqui na Exim Corretora de Câmbio conseguimos quase fazer um PIX Internacional. Nos recebimentos do exterior não é diferente. Tão logo a corretora receba a TED do exterior, avisa o cliente no Brasil que pode fechar seu câmbio imediatamente também.

Vantagens de fazer transferência internacional com a Exim Corretora

Aqui na EXIM Corretora de Câmbio você fala com pessoas, não com máquinas, tendo a oportunidade de falar com os operadores ou mesmo com os diretores.

Conversamos abertamente com nossos clientes para que tomem as melhores decisões. Além disso, nossos colaboradores entendem de câmbio e também de comércio exterior. Nossa estrutura enxuta permite oferecer soluções de câmbio a baixos custos.

Nosso principal diferencial é a personalização do atendimento. Isso nos ajuda a entender suas dores e a propor soluções customizadas para cada caso.

Entre em contato conosco e conheça nossas soluções.